Home / Aprendendo com as falhas / Aprendizado exponencial como um diferencial para empreender em condições de extrema incerteza
Aprendizado Exponencial

Aprendizado exponencial como um diferencial para empreender em condições de extrema incerteza

Uma startup possui diferentes estágios, que vão desde a idealização do negócio, passando pela aderência do produto ao mercado e ganhos de escala. Cada estágio exige diferentes metas, estratégias e ações para obter o sucesso, onde muitas vezes são necessárias adaptações rápidas na estratégia para responder aos eventos identificados no mercado, clientes, competidores ou parceiros. O aprendizado a partir do sucesso ou falha nas tomadas de decisão é uma prática amplamente utilizada, para que o resultado das decisões tomadas tenham cada vez mais sucesso, porém acelerar esse aprendizado traz maior competitividade e relevância para o negócio.

Em 2004, Gustavo Caetano fundou com Rodrigo Paolucci a Samba Tech, uma plataforma de vídeos online, que provê soluções para gerenciar, distribuir e monetizar vídeos. Exercendo a função de CEO da empresa que tem sede nas cidades de Belo Horizonte e Seattle nos Estados Unidos. Formado em Propaganda e Marketing, pela ESPM, aposta em formatos não convencionais de aprendizado, focado em suas metas e momento do negócio, para acelerar o desenvolvimento de novos conhecimentos, habilidades específicas e viver diferentes experiências. Identificar problemas cada vez maiores e buscar tecnologias aplicáveis para criar soluções transformando em negócios, é sua motivação para empreender.

Com essa visão e motivação, apostou em cursos de formação executiva no Massachusetts Institute of Technology e Silicon Valley Product Group, para desenvolver competências de gestão de produtos, tecnologia e inovação e assim implantar os principais conceitos aprendidos na empresa. Com a evolução da Samba Tech novos desafios surgiram, assim, focado em conhecer modelos disruptivos e continuamente recriar seu negócio, escolheu cursos executivos de criatividade e inovação na Disney e Singularity University (NASA). Conferências internacionais, como a SXSW e a Tech Disrupt, que ocorre anualmente em Austin e São Francisco, nos Estados Unidos, fazem parte da rotina do empreendedor para aprender e desenvolver sua rede de contatos global. Estar atento a próxima onda do mercado e conhecer modelos fora da área de atuação, são oportunidades que abrem novos horizontes para continuamente melhorar o desempenho da empresa e mantê-la relevante no mercado.

Desenvolver uma rede de contatos em diferentes segmentos e diferentes ecossistemas de inovação, para manter um processo de mentoração constante, também é uma boa prática para compreender melhor, soluções com diferentes características que podem ser adaptadas, melhoradas ou simplesmente replicadas. Conectar-se com profissionais que não fazem parte do cotidiano e segmento de negócio, diversifica e amplia a visão para novas soluções.

Competindo em um mercado que movimenta mais de 100 bilhões de dólares anuais e fundada em 2014 por Luís Novo e Ricardo Katayama, a Skore é uma plataforma que ajuda equipes a aumentar o conhecimento coletivo e reforçar a cultura da empresa, através da organização de conteúdos sejam vídeos, links, artigos ou notas.

A liberdade para seguir sua visão e seu sonho, sem burocracias adicionais é o que motiva Luís Novo a empreender. Formado em Administração de Empresas na Universidade Anhembi Morumbi, entende que ser autodidata é um ponto forte para explorar novos assuntos e solucionar problemas. Com muita experiência técnica e produto, contratou um coaching profissional para acelerar seu aprendizado em sua jornada de desafios como CEO. Obter a orientação de profissionais com grande experiência e resultados comprovados, que já passaram por desafios similares, pode criar atalhos e novas oportunidades para o negócio. Mentoria com especialistas e amigos que possuem a experiência, competência e habilidades específicas, é uma atitude contínua em sua jornada e contribui muito para validar diferentes visões e melhorar as tomadas de decisão. Luís faz visitas constantes ao Vale do Silício e agenda reuniões com fundadores de startups para entender a direção que os mesmos estão seguindo, além de constantemente apresentar suas ideias para receber feedback. Uma oportunidade de aprendizado com empreendedores que vivem o dia a dia das tendências e revoluções tecnológicas.

Lucas Judice fundou em 2013 a MidStage, uma aceleradora de startups com foco em investir e criar empreendimentos globais. Residente em Los Angeles, Estados Unidos, é formado em direito pela Faculdade de Direito de Vitória, com pós-graduação e mestrado pela Universidade Federal do Espírito Santo e Universidade Southern Califórnia. Apaixonado pelo desafio de criar negócios, acredita que utilizar diferentes formatos de aprendizado, considerando aprendizado com os erros e acertos, estudo on-line através de sites como Coursera e EDX, leitura de livros, mentoração com especialistas e formatos educacionais tradicionais em universidades, suportam o desenvolvimento contínuo e formam um fonte rica de conhecimento e inspiração, quando explorado em fontes seguras e bem embasadas. Sua opção por um mestrado internacional na Universidade Southern Califórnia, abriu diversas portas para novos aprendizados e redes de contato, incluindo a oportunidade de fundar e tornar-se presidente da USC Startup Network, uma associação que conecta alunos, professores, funcionários e ex-alunos da Universidade Southern Califórnia a diversos ecossistemas para fomentar a criação de startups.

Veja Também

Trasnformar um idéia em uma oportunidade de negócio

Transformar uma ideia em uma oportunidade de negócio no momento certo para o mercado

A idealização de uma solução é um momento cercado de muito entusiasmo e excitação do …

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.